Se não puder frequentar a academia, treinar em casa pode ser uma oportunidade para manter o corpo são e a mente sã.

Benefícios do treino em casa

Treinar em casa é importante para combater os efeitos do sedentarismo e da pouca locomoção do dia a dia por conta de um espaço reduzido”, explica Luiz Carlos Carnevali Junior, doutor em ciências pelo Instituto de Ciência Biomédicas da Universidade de São Paulo e diretor técnico do grupo Bio Ritmo e Smart Fit, de São Paulo. “Você melhora as funcionalidades do seu corpo e a sua mobilidade”, acrescenta o especialista.

Além disso, quando você treina em casa, evita os efeitos emocionais do isolamento que têm relação direta na fisiologia do corpo humano. “Já é de conhecimento que a atividade física ajuda a diminuir os efeitos da depressão”, afirma Carnevali.

Cuidados na hora treinar em casa

Qualquer pessoa pode treinar em casa, desde que respeite os limites do seu corpo e as suas restrições.

Uma dica de Carnevali é prestar atenção na sua percepção de esforço. Em uma escala de 0 a 10, iniciantes devem ficar entre 4 e 5, pessoas que já praticam atividade física entre 6 e 7 e aqueles que já treinam há mais tempo não devem ultrapassar o nível 8.

Como treinar em casa

A Smart Fit reuniu a sua equipe de profissionais e preparou um site cheio de treinos para você manter a sua rotina em casa. No Treine Em Casa você encontra opções de aproximadamente 30 minutos de emagrecimento, hipertrofia, funcional e, até mesmo, dança – como STRONG By Zumba e FitDance – para fazer onde quiser.

No Instagram inúmeros perfis também estão disponibilizando aulas gratuitas por meio de lives. Você pode aproveitar para treinar acompanhando a programação da Smart Fit, Bio Ritmo, Jab House, Race Bootcamp, Tonus Gym e Vidya Studio.

Qual o melhor horário para treinar em casa?

Quando pensando no funcionamento do organismo, por questões hormonais, segundo Carnevali, o melhor momento para treinar é o período da manhã. No entanto, o mais indicado, agora, é manter a sua rotina o mais próxima possível de como ela costumava ser. Então, se você treinava à noite, continue treinando em casa à noite, se usava o horário do almoço para dar uma escapadinha pra academia, continue se exercitando nesse horário.

Antes e depois do treino

Independentemente do local em que vai se exercitar, coma alguma coisa antes do treino que decidir realizar. Consumir alimentos de fácil digestão cerca de 20 a 30 minutos antes do treino é a sugestão de Carnevali. “Em geral, as frutas e os alimentos integrais são boas opções”, sugere o educador.

Antes da aula, aqueça o corpo para trabalhar as articulações, melhorar o seu fluxo sanguíneo e aumentar a sua frequência cardíaca. Alguns minutos de corrida no lugar, polichinelo e agachamento podem ajudar com isso.
Depois do exercício, faça um pouco de alongamento. Se não sabe como se alongar, a dica, novamente, é acessar o Treine Em Casa, por lá você também encontra algumas aulas de alongamento para fazer onde estiver.

“O alongamento serve para realinhar as fibras musculares e permitir uma regeneração saudável para que você sinta os ganhos do seu treino”, explica Carnevali.

Pronto, agora é encher a sua garrafinha de água, arrumar um espacinho em casa e começar. Vamos?

Fonte:https://www.smartfit.com.br/news/fitness/como-treinar-em-casa-e-ter-resultados/?gclid=Cj0KCQjw8uOWBhDXARIsAOxKJ2Hm5foJ3nSdvGMOHHuhYz_qFLSED24pHCKWhLv_YVZTqKtz2fSslVsaAps3EALw_wcB